São Jorge, de Marco Martins, compete na secção Orizzonti do Festival de Veneza

in Público – São Jorge, de Marco Martins, compete na secção Orizzonti do Festival de Veneza

É o regresso de uma parceria: Martins e o actor Nuno Lopes, no papel de um boxeur desempregado. Na competição principal estão Kusturica, Brizé, Diaz, Konchalovsky, Malick, Ozon ou Wenders.

 

 

Acaba de ser anunciado o programa da 73.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza (31 de Agosto a 10 de Setembro): São Jorge, de Marco Martins, foi seleccionado para a competição na secção paralela Orrizonti, que dá atenção às novas correntes do cinema mundial. Segundo informação da produtora Filmes do Tejo, o filme – depois de Alice, outra colaboração entre o realizador e o actor Nuno Lopes – “é um olhar sobre os anos de intervenção da troika em Portugal e a crise financeira que recentemente atingiu o nosso país cruzando a ficção com o documentário (fazendo uso de um vasto elenco de actores não profissionais)”. Centra-se na história de um boxeur, desempregado de longa duração que aceita um emprego numa empresa de cobranças difíceis para poder pagar as suas próprias dívidas. Marco Martins esteve em Veneza em 2006, na competição de curtas-metragens com Um Ano Mais Longo, escrita em parceria com Tonino Guerra.

(…)